NEWSLETTER
Cadastre seu e-mail:

Divulgação - TV Brasil
 
MANCHETES

» 10/02/2019 - 17:56
Françoise Forton cita técnicas de construção das personagens na série "Atos" da TV Brasil

A série “Atos” recebe Françoise Forton no décimo primeiro episódio inédito da produção que a TV Brasil exibe neste domingo (10/02), às 20h30, em parceria com a Casa das Artes de Laranjeiras (CAL).

Diante de um grupo de atores em formação, mediados pelo professor e diretor teatral Antonio Gilberto, a atriz relembra a importância da saudosa atriz Glauce Rocha como referência em sua formação.

Ao comentar episódios de sua trajetória, Françoise reflete sobre a relação de confiança que um diretor deve estabelecer com seus atores seja nos bastidores da tevê, nas telonas, na frente das câmeras ou na coxia do teatro.

Com a experiência de cinco décadas de trajetória artística iniciada na infância, a convidada revela as peculiaridades da arte de interpretar. "O maior desafio e a maior dificuldade é fazer um personagem que alguém escreveu, tirar do papel, com humanidade", avalia.

Sobre o modo para construir um personagem, a atriz cita algumas técnicas. "Procuro saber sobre a época, busco ler um livro. Faço televisão como faço teatro e cinema. Eu me alimento de conteúdos e à medida que vou lendo o texto da produção isso vai me dando imagens e memórias", exemplifica.

No decorrer da sabatina no palco da Casa das Artes de Laranjeiras (CAL), Françoise, que também é professora de teatro, indica obras artísticas como o filme "Um bonde chamado desejo" e a leitura de dramaturgos como o brasileiro Augusto Boal e o russo Constantin Stanislavski.

Françoise ocupa o espaço cênico com os alunos ao propor um exercício de improvisação para estimular a habilidade dos jovens atores. A atividade busca desenvolver competências relacionadas à oralidade, presença de palco, capacidade de lidar com conflito e concisão.

Ao revisar o que já fez e gostaria de realizar, ela conta que além de atuar, dançar e cantar foram descobertas e necessidades que desenvolveu durante a carreira. Com entusiasmo, a artista fala sobre seus planos para o futuro. "Quero dirigir mais tanto cinema quanto teatro. Eu escrevo poesias que ninguém nunca leu", revela.

Os estudantes de interpretação reverenciam a atriz ao representar uma cena do musical "Estúpido Cupido", peça que a atriz Françoise Forton protagonizou em comemoração aos seus 50 anos de carreira.

Ainda nessa edição, ela traz dicas não só para os alunos de artes cênicas, mas também para os telespectadores. "É uma paixão estar com vocês, jovens. Fazer teatro alimenta a vida, a alma e transforma. A arte cura e faz a gente ficar feliz", define.

Françoise Forton ainda destaca a relevância da querida Glauce Rocha como parâmetro em sua carreira. "Sinto falta dessa pessoa que foi responsável por eu ser atriz e uma mulher inquieta. Sempre que posso faço questão que Glauce Rocha seja relembrada. Tudo o que faço dedico a ela", afirma a atriz.

Emocionada, Françoise resgata memórias de sua infância para destacar como Glauce a influenciou. "A base do meu aprendizado foi com ela. Eu tinha 7 anos em Brasília onde eu morava antes de sua fundação. Ficava muito impressionada em ver aquela mulher atuar de forma tão diferente", recorda.

"Aprendi muito. Ela me faz muita falta. Procurem saber quem foi Glauce Rocha, os trabalhos que fez e o respeito aos profissionais. Foi uma mulher que viveu. Era uma grande atriz. Foi premiada. Fez cinema, teatro, novela...", enumera.

HOME         MANCHETES        BLOG FABIOTV       CONTATO        PUBLICIDADE

2007 - 2019  fabiotv.com.br - Todos os direitos reservados.